COMPARTILHE ISSO

Assim como a qualidade da câmera, velocidade do processador, tamanho da tela e capacidade de memória RAM, a autonomia das baterias dos smartphones também precisa ser observada na compra de um novo aparelho. Caso contrário, do que adianta o smartphone realizar inúmeras funções com rapidez e qualidade e não suportar sequer boa parte do dia longe das tomadas?

Pensando nisso, preparamos uma lista de smartphones de bom custo-benefício que vêm acompanhados de potentes baterias. Veja os modelos a seguir.

Moto E4 Plus (16 GB) — No quesito bateria, este intermediário da Lenovo surpreende. Isso porque a capacidade de bateria dele é de 5.000 mAh. Além disso, a marca foi inteligente e acrescentou o carregador de rápido de 10 W, que ainda permite horas de uso.

Se a bateria surpreende, o mesmo não pode se dizer dos outros itens. O processador é um Quad Core 1,3 GHZ, a tela é HD e não Full HD e ele acompanha 2 GB de RAM. Já a câmera traseira é de 13 MP e o smartphone só possui entrada para um chip. Mas se você não é um usuário muito exigente e utiliza smartphones mais para acessar redes sociais, não se preocupe, ele irá lhe servir muito bem por um bom preço — na casa dos R$ 700.

LG K10 Power (32 GB) — Em relação ao Moto E4 Plus, esse smartphone da LG é mais equilibrado nas especificações técnicas. Sua bateria potente é de 4.400 mAh, o processador é um Octa Core 1,3 GHZ (uma importante vantagem sobre o smartphone da Lenovo) e ele vem acompanhado com 2 GB de RAM. A câmera traseira também é de 13MP, a tela é HD e ele possui entrada para dois chips.

O fato do processador ser Octa Core chama atenção aqui para um smartphone na faixa de preço do K10 Power — com essa autonomia de bateria. O preço dele está na faixa dos R$ 700 nas lojas online.

Zenfone 3 Max (32 GB) — Esse smartphone da Asus, de bom custo-benefício, tem ótima bateria com capacidade de 4.100 mAh com carregamento reverso. Se você não ficar o dia todo usando-o, ele chega a 48 horas fora da tomada tranquilamente.

Agora, se você é daqueles que roda aplicativos de streaming durante boa parte do dia, como o Globosat Play, Netflix, ou até mesmo utiliza aplicativos com múltiplas tarefas, como o da PokerStars, por exemplo, em que há chat e alta interatividade, também não se preocupe – pois ele chegará bem até o fim do dia.

Além disso, esse smartphone acompanha bom processador Octa Core 1,4 GHZ, Dual Sim; tela Full HD, vem acompanhado com 2 GB de RAM e boa câmera traseira de 16 MP.

Samsung Galaxy J7 Prime (32 GB) — Na faixa de preço do smartphone da taiwanesa Asus, o J7 Prime é uma ótima opção para quem pode gastar até na faixa dos R$ 1 mil. Isso porque além de ter boa bateria — 3.300 mAh —, ele vem acompanhado de 3 GB de RAM e seu processador é um Octa Core 1,6 GHZ. A câmera traseira é de 13 MP, a tela é Full HD e há entrada para dois chips.

Se comparado a outros smartphones da lista, o J7 Prime é pior no quesito bateria, mas isso não quer dizer que ela seja ruim, pelo contrário, é uma boa bateria. A principal vantagem dele em relação aos outros é a memória RAM, que é de 3 GB e o processador — com oito núcleos e 1,6 GHZ de velocidade.

Ou seja, se você é um usuário mais exigente e não pode gastar além de R$ 1 mil, tanto o Zenfone 3 Max quanto o J7 Prime irão lhe servir muito bem no quesito desempenho e bateria. Agora, se você é usuário mais casual, o Moto E4 Plus e LG K10 Power são ótimas opções para quem procura por smartphones baratos e com baterias de excelente autonomia.

 

Imagem: PxHere

mm

Otavio Miguel

Administrador e autor do site. Apaixonado pelo que faz e fiel a Deus. Aluno de Engenharia de Computação na UTFPR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: