COMPARTILHE ISSO

Testamos o Moto G5 Plus e temos que dizer: ficou incrível. Superou todas as nossas expectativas iniciais. De cara, esperávamos por um aparelho mais fraco, menos capaz, talvez até mesmo feio pessoalmente, diferente das fotos. No entanto, o que encontramos é um super aparelho, capaz de superar as expectativas de qualquer um. 

Pontos positivos

Bateria

A bateria do aparelho já é incrível. São incríveis 3000mAh capazes de durar o dia todo, mesmo jogando no celular. E, caso não dure, sem problemas! Ainda vem com o TurboPower, que garante em média 6 horas de uso com 15 minutos de carga. Pelo menos foi a média anunciada e a média encontrada em testes pela nossa equipe.

Design

Um celular dourado e que impressionou a todos que o viram. É simplesmente lindo, com bordas arredondadas, pouca espessura e curvas discretas. Com a câmera saltada para fora da case e sensor de impressão digital que combina com o restante do design. Ainda o clássico logo Moto na frente, e é claro que o “M” atrás, em alto relevo.

Câmeras

Tanto a câmera traseira quanto a frontal são incríveis. 12MP e 5MP, respectivamente. Na câmera frontal, que é perfeita para selfies, temos o flash na tela, modo profissional, câmera instantânea, melhor foto, modo de embelezamento, timer, etc. Na traseira temos dual led, timer, modo profissional, vídeo em 4K, zoom digital 8x, panorama, etc. Muitos recursos, não?

Veja algumas fotos tiradas com o G5 Plus:

Display

Temos uma tela linda de 5,2” Full HD 1080p cin 424dpi e Gorilla Glass 3. Ainda temos garantido o modo Moto Tela, que apresenta notificações, relógio, data, etc.

Software e hardware

De quebra, já vem instalado o Android Nougat 7.0, com todos os recursos já conhecidos. Como de costume, temos o Android puro instalado, e isso deixa o aparelho ainda mais lindo e rápido. Temos também 2GB de memória RAM e 32GB de armazenamento, além de poder colocar cartão SD de até 128GB. Além disso tudo, um processador Snapdragon 625 com CPU octa-core de 2.0GHz e GPU Adreno 506 de 650MHz. Vem com os sensores: Giroscópio, Acelerômetro, Sensor de luz ambiente, sensor de proximidade, NFC e Leitor Digital.

Pontos ruins

Travamento

Em algumas situações, o aparelho simplesmente travou e reiniciou, do nada, mesmo sem estar sendo usado. Alguns aplicativos também travaram muito durante seu uso, como o Google Chrome (a ponto de eu instalar o Opera para navegar na internet).


Otavio Miguel

Administrador e autor do site. Apaixonado pelo que faz e fiel a Deus. Aluno de Engenharia de Computação na UTFPR.

1 comentário

José Otávio Miguel · 17 de junho de 2017 às 16:42

Amei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: