COMPARTILHE ISSO

O Vidroid costumava sempre fazer aplicativos para canais no YouTube. Canais grandes ou pequenos podiam comprar aplicativos por um valor baixo, apenas R$ 49,00. Recentemente, nós paramos de fazer esses apps e de gerenciar os feitos anteriormente. Por quê?

É o fim de uma era. Esses aplicativos eram feitos, principalmente, para cobrir custos com manutenção dos nossos servidores. Esta era a intenção dos apps. No entanto, este projeto com o passar do tempo se tornou inviável para a nossa empresa.

Alguns fatos foram causadores disso. Entre eles a falta de compradores e o valor muito baixo foram dois dos principais motivos.

Em média, uma única pessoa comprava o aplicativo a cada dois meses. Isso nos dava um recebimento de R$ 24,50 por mês. Este valor é obviamente muito baixo, e não era capaz de ajudar a bancar os servidores.

A idéia surgiu com a intenção de oferecer um aplicativo bom por um custo muito, muito baixo, realmente bem abaixo do mercado, para que mais pessoas comprassem e, assim, pudéssemos pagar nossos servidores apenas com o valor gerado por esses apps. No entanto, mesmo atraindo o interesse das pessoas, a quantidade de gente que efetivava a compra era baixíssima, pois a estrondosa maioria achava o valor “caro”, e pedia o aplicativo “de graça” ou “em troca de divulgação”.

Vamos agora a um ponto relacionado a isso:

  • Um aplicativo, desenvolvido exclusivamente para um cliente, pode ter seu valor acima de R$ 10.000,00. Nós cobrávamos R$ 49,00, menos de 0,5% desse valor.

Como parte do nosso serviço, oferecíamos ainda a publicação gratuita do aplicativo em nossa conta da Google Play Store, garantindo a distribuição uniforme e efetiva do aplicativo em uma grande loja.

Isso nos causou problemas, já que de acordo com o que fosse publicado nos canais o aplicativo era constantemente analisado pelos robôs da Google, que constantemente encontravam algum problema. Tivemos aplicativo banido da loja por vários assuntos que, por razões de ética, não cabe citá-los aqui. No entanto, é correto afirmar que com grande número de irregularidades nos aplicativos, a Google tem a liberdade de banir toda uma conta de desenvolvedor da sua loja. Um imenso e constante risco a integridade da nossa empresa.

Por fim, a empresa toda passou por mudanças e reconstrução. Não apenas a apresentação em nossos websites (Vidroid e Organizze Pro), mas também internamente. Mudamos o nome da empresa, e estruturamos o Vidroid e o Organizze Pro como sub-empresas da principal, que por enquanto o nome permanecerá em segredo. Nossas visões de negócio mudaram, e nossa área de atuação se expandiu. Agora, nossos aplicativos são projetos grandes, como o Organizze e como outros aplicativos ainda na etapa de desenvolvimento. Estamos também nos concentrando na atualização e recriação do aplicativo Não Aperte o Botão, e tudo isso exige muita atenção e tempo.

 

Entre outros, estes foram os principais motivos que levou nossa equipe a decidir integralmente e permanentemente abandonar o projeto de aplicativos para canais no YouTube.

 

E quanto a quem já tem um app?

Não deixaremos quem tem um aplicativo na mão, tendo comprado ou ganhado o aplicativo. No entanto, não hospedaremos mais os aplicativos em nossa conta. Mesmo inativos e sem poder serem acessados por usuários na Google Play, eles ainda estão em nossa conta, sem publicação.

Por conta disso, os YouTubers que desejarem manter seus apps, precisarão adquirir uma conta de desenvolvedor na Google Play Store e nos informar após a aquisição. Precisaremos do id da transação do pagamento da Google Play, e com isso poderemos transferir o aplicativo e todas as suas propriedades para a nova conta, onde poderá ser mantido pelo YouTuber pelo tempo que desejar.

 

E quanto ao desenvolvimento e atualização dos apps?

Como dito, não iremos manter nenhum dos serviços antes oferecidos. Logo, assim como não iremos mais desenvolver nenhum aplicativo de canais de YouTube no esquema utilizado antes, não iremos atualizar e modificar aplicativos já existentes. Também, por falta de opção todos os projetos serão apagados. Isso será explicado mais abaixo. O YouTuber que desejar um novo app ou atualizar seu app já existente, precisará fazer isso por si só.

 

Como desenvolver o aplicativo?

O processo de desenvolvimento de um aplicativo móvel pode ser grande e complexo ao nível que as funcionalidades e aplicações do projeto aumentam. Em resumo, o desenvolvimento é feito por quem sabe desenvolver.

No entanto, exclusivamente estes aplicativos, fornecidos aos YouTubers, vem de um molde pré-estabelecido e já desenvolvido, cabendo apenas a personalização realizada por um serviço online. Graças a isso e APENAS graças a isso era possível desenvolver esses aplicativos por um valor tão mínimo e “simbólico”. Faremos um breve tutorial de como desenvolver esses aplicativos neste sistema, e quem tiver interesse poderá desenvolver seu próprio aplicativo sem restrições. Acompanhe nosso blog para receber este tutorial.


mm

Otavio Miguel

Administrador e autor do site. Apaixonado pelo que faz e fiel a Deus. Aluno de Engenharia de Computação na UTFPR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: