COMPARTILHE ISSO

O novato Moto X desembarcou no país e já declarou guerra aos modelos top de linha da concorrência. Talvez a estreia mais vazada dos últimos tempos, o evento de lançamento do Moto X em São Paulo trouxe muito do que já havia sido divulgado na Internet, tanto através de leaks quanto do lançamento oficial nos EUA mês passado.
3882809_orig
O evento, entretanto, serviu para saber quais as funcionalidades e opções de personalização serão disponibilizadas para o mercado brasileiro. A minha impressão foi de que a Google investiu pesado nesse novo dispositivo e quer arranjar briga com os pesos-pesados do mercado.
Design
Apesar de a moldura da tela à primeira vista passar a impressão de plástico de qualidade duvidosa, a tela em si e a parte traseira entregam o uso de materiais de alto padrão. O desenho arredondado da parte traseira do aparelho foi concebido para ser mais anatômico e caber melhor na mão para tornar seu uso mais confortável. O design gráfico segue o mesmo padrão do Android puro, com poucos ou nenhuma modificação por parte da Motorola, reduzindo significativamente a quantidade de bloatwares. Ponto positivo.
1378486249
Tela
A Motorola decidiu não seguir os tops de linha rivais e não colocou uma full HD no seu novo smartphone. A tela, de 720p AMOLED 4,7” de 321 ppi (pixel por polegada) é inferior aos 441 ppi do seu (suposto) rival Galaxy S4. Apesar disso, a tela é agradável de se usar e não deve nada para os usuários comuns menos antenados nas especificações.

O smartphone foi projetado para economizar bateria, nas palavras da própria Motorola. E não foi só aumentando sua amperagem/tempo que a empresa fez isso. Quando o usuário desejar ver apenas as horas ou outras notificações, o aparelho identifica quando é removido do bolso e ativa apenas os pixels necessários para exibir as informações na tela. Segundo a empresa, evitar ligar toda a tela por curto espaço de tempo reduz drasticamente o uso da bateria.
1378486338
Software
As principais novidades no software residem no tão comentado comando de voz sempre ativo e em dois aplicativos desenvolvidos pela Motorola. Pronunciando-se “OK Google Now”, o Moto X começa a escutar e interpreta seu comando e realiza a ação, que pode ser ligar para algum contato, fazer uma pesquisa na Google, enviar uma mensagem ou ativar a navegação por GPS.

A outra novidade da Motorola já tem o serviço feito por aplicativos encontrados na Play Store. Ele realiza a migração de dados como contatos, imagens, mensagens e histórico de ligações entre smartphones antigos (Android 2.2+) e o Moto X por wifi (adhoc) ou internet sem configurações complicadas.

A última mas não menos interessante chama-se Motorola Connect. O programa é uma extensão do Google Chrome que permite enviar e receber SMS e ver quem está chamando, tudo diretamente da tela do computador. A Motorola exemplificou o uso do recurso nos casos em que a pessoa esquece o celular no carro ou em casa e deseja ter um mínimo de controle sobre o que está acontecendo com seu aparelho. Atender às ligações pelo serviço, no entanto, ainda não é possível devido a limitações óbvias.

Câmera
O número de megapixels não foi superdimensionado pela Motorola. Com 10 megapixels na câmera principal e 2 Mp na frontal, a qualidade da imagem não difere das apresentadas pela concorrência. Com a tela desligada, pode-se acessar a câmera com apenas duas chacoalhadas rápidas no aparelho e apertar em qualquer área da tela para tirar a foto.

Segundo a Motorola, isso reduz de 8 segundos para 2 o tempo entre pegar o smartphone e efetivamente capturar uma fotografia. Nos testes realizados, consegui tirar fotos rapidamente, porém o foco automático nem sempre conseguiu tirar imagens nítidas. Fui forçado a utilizar o famigerado recurso de segurar a tela em um ponto para que o foco fosse ajustado mais lentamente.
1378486474


mm

Otavio Miguel

Administrador e autor do site. Apaixonado pelo que faz e fiel a Deus. Aluno de Engenharia de Computação na UTFPR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: